Brasil terá verão com chuvas irregulares em 2019, afirma Inmet

Nesta segunda, dia 17, o Giro do Boi recebeu em estúdio o meteorologista, mestre e doutor pela USP Marcelo Schneider, coordenador do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O especialista destacou que dentro das próximas semanas deverá ser confirmada a ocorrência do fenômeno El Niño, o que deve ditar as ocorrências climáticas no verão de 2019 para o território brasileiro. O aquecimento do Oceano Pacífico está 1 ºC acima da média, o que indica tal confirmação.

“El Niño deve acontecer. Nas próximas semanas há uma grande chance de que tenha oficialmente o fenômeno. Provavelmente a chuva no Rio Grande do Sul que aconteceu continua, então não deve falhar a chuva no RS. Como o canal de umidade do El Niño pega, a pontinha dele, o sul do Mato Grosso do Sul e Paraná, então aquela região deve voltar a ter chuvas. Só que a gente vai olhar nos mapas que há uma pequena apreensão entre Santa Catarina e Paraná. Aquela região deve continuar com chuva isolada”, adiantou Schneider.

“São poucas áreas que a gente tem uma certeza, uma garantia, de que a chuva vai ficar acima ou abaixo”, ponderou o meteorologista, apontando para os mapas de previsão do tempo para o primeiro trimestre de 2019. “O que quer dizer isto? No El Niño isto é bem clássico, predomina o calor e as chuvas são isoladas. É aquela coisa de chover muito forte em uma região e não chover tão forte em outras. O que nós acreditamos, baseado neste mapa e em nossa experiência e conhecimento quando forma o El Niño: no Sul do Brasil, principalmente do Sul e Oeste de Santa Catarina até o Rio Grande do Sul não tem grande preocupação porque vai ter mais umidade disponível. As frentes frias, mesmo que demorem, elas chegam trazendo chuva. […] Ao Sul do Paraná continua com um pouco de preocupação mesmo com a ocorrência do El Niño. […] Outra região que pode ser beneficiada é o cinturão central do Brasil”, disse Marcelo (veja no mapa abaixo).

Previsões de chuva para o primeiro trimestre de 2019. À esquerda as projeções do Inmet em que as áreas em verde indicam chuvas. À direita, áreas em branco indicam incerteza da ocorrência das previsões. Cenário é de chuvas irregulares, mas dentro da média, analisou meteorologista.

“Em quase todo o Brasil, tirando o Extremo Sul do País, parte do litoral entre o ES e BA tem temperatura normal, mas no restante bastante calor. Então o resumão é calor. Com o El Niño geralmente é muito calor. Às vezes uma frente fria escapa pelo Sul, o que é normal, mas predomina o calor, e a chuva irregular. […] É muito comum isso, um mês falta chuva, outro mês chove um pouco em excesso. […] Tem que ter uma certa atenção de muito calor, chuva irregular, mas que em boa parte do Brasil pelo menos chove dentro da média”, resumiu o coordenador do Inmet.

Veja a entrevista completa no vídeo abaixo:

O post Brasil terá verão com chuvas irregulares em 2019, afirma Inmet apareceu primeiro em Giro do Boi.

Desenvolvido por Agência Front | Todos os direitos reservados 2018